domingo, 10 de março de 2019

Mas então, como é que tudo começou?

Apesar de muito cansaço sentido, nada que me admirasse muito... ora o trabalho, cada vez por si só mais esgotante, ora bolinhos, casa, filhos, blá, blá ,blá... até quase que parecia normal estar cansada, tal era a correria... mas as férias estavam próximas e ia ficar tudo bem (pensava eu).
De repente, umas análises das mais básicas (medicina no trabalho) e valores indicadores de anemia. Encaminhamento para medicina geral, novas análises mais completas, mas persistem dúvidas... nova mudança de especialidade, desta vez Hematologia e novamente análises.
Já com um vislumbre dos possíveis diagnósticos que que poderiam surgir, sigo para ser acompanhada no IPO, para fazer mielograma e biópsia para que as dúvidas deixassem de o ser.
Todo este processo começou em meados de junho, depois de tanta análise e esperas (considero que foi rápido, mas a ansiedade era enorme) no dia 14 de agosto, a chegada do resultado Síndrome Mielodisplásico.

Ana

Sem comentários:

Publicar um comentário